30.04.2010 | Um banho de faturamento em 2009

Líquidos ou em barra, no ano passado, os sabonetes inovaram, ganharam valor e deram um salto de faturamento

Quando parecia que o mercado de sabonetes estava estagnado e comoditizado, chegando a apresentar queda de mais de 2% no faturamento em 2006, aos poucos, o cenário foi sendo modificado pelas versões com maior valor agregado, como os sabonetes líquidos, formulações com matérias-primas vegetais e outros atributos que vão além de simplesmente limpar a pele.

O resultado não poderia ser melhor: em 2009, os sabonetes puxaram a alta dos produtos de higiene pessoal, que foi de 14,4%, atingindo crescimento recorde na década de 27%, com faturamento superior a R$ 2,7 bilhões (preço do produto na saída da fábrica, sem impostos), de acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (Abihpec).

No ranking mundial, segundo o Euromonitor, o mercado brasileiro de produtos para banho conquistou em 2008 a segunda colocação, com participação de 7,6%, movimentando US$ 2,19 bilhões. Os sabonetes em barra mantêm a liderança dos produtos para o banho, movimentando US$ 1,93 bilhão, um crescimento de 35,14% e participação de 16,4% no mercado global.

Artesanais em alta - Há alguns anos, os chamados sabonetes artesanais eram vistos com desconfiança, mas hoje não é mais assim. Os itens produzidos manualmente com ingredientes naturais ganharam prestígio, além de serem considerados mais saudáveis e sofisticados, pelos quais se pode até pagar mais caro. O novo apelo fez com que eles conquistassem sua considerável fatia de mercado. De acordo com levantamento do Sebrae, há no país nada menos que 1,5 mil negócios voltados à fabricação de sabonetes.

Fonte: www.freedom.inf.br

Mais informações você encontrará em http://www.freedom.inf.br/revista/HC60/cosmeticos.asp.






CoelhoProdutos não testados em animais

Gota"Água é um bem limitado e precioso; Economize e divulgue essa mensagem"



  Onde encontrar:
      Visite nossas lojas e pontos de venda.

Serviço de Atendimento ao Consumidor:
      (+55) 55 2103 3300 de segunda à sexta das 8h30min às 18h30min.